Nossa história
Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 1950, nossa semente desembarcou pelas águas do rio Cricaré e foi fundada pelo marinheiro José Francisco Ferreira, que começou com trabalhos de evangelização, recebendo ajuda do então novo convertido Laurêncio Vicente de Oliveira.
No ano de 1955, o Pastor João Caetano foi enviado para administrar o Rebanho que crescia dia após dia, sendo substituído, quatro meses depois, pelo Pastor Sebastião Pereira Pinto (1955 a 1967).


Em 1968, Deus envia o Pastor José Félix dos Santos que pastoreou a igreja por um ano, sendo transferido para Teófilo Otoni – MG.
Em seu lugar toma posse o Pastor Wantuil Damasceno da Silva (1969 e 1971). A gestão do Pastor Wantuil foi marcada pela emancipação deixando de ser congregação da igreja em Aribiri Vila Velha.
Posteriormente, entre os anos de 1971 e 1972, a igreja esteve sob a liderança do Pastor José Simplício de Souza. Que foi responsável pela ampliação do primeiro templo

No ano de 1955, o Pastor João Caetano foi enviado para administrar o Rebanho que crescia dia após dia, sendo substituído, quatro meses depois, pelo Pastor Sebastião Pereira Pinto (1955 a 1967).
Em 1968, Deus envia o Pastor José Félix dos Santos que pastoreou a igreja por um ano, sendo transferido para Teófilo Otoni – MG.
Em seu lugar toma posse o Pastor Wantuil Damasceno da Silva (1969 e 1971). A gestão do Pastor Wantuil foi marcada pela emancipação deixando de ser congregação da igreja em Aribiri Vila Velha.
Posteriormente, entre os anos de 1971 e 1972, a igreja esteve sob a liderança do Pastor José Simplício de Souza. Que foi responsável pela ampliação do primeiro templo.
Em 1972, através de permuta, assume o Pastor Iolete Pirassununga Ribeiro que ficou por aproximadamente 7 anos na liderança do campo de São Mateus. Ele, por sua vez, realizou a construção do segundo templo, no mesmo local onde foi erguido o primeiro.

No ano de 1980 Deus envia o Pr. Iolete para assumir a Igreja em São Torquato na cidade de Vila Velha-ES. Antes de sua saída, o Senhor ordena a consagração do então Evangelista Antônio Gomes ao ofício de Pastor.
Em 1980 o Pastor Antonio Gomes, Conhecido Carinhosamente como Pastor Toninho, assume a presidência do campus, ficando na direção por um período de pouco mais de 3 décadas.
Nesse período houve um grande crescimento e foi marcado pela demarcação do nosso território espiritual na cidade